Andrés Holguín Coral, Colombia: “Existem alguns eventos similares ao redor do mundo, mas TICAL permite avanços distintos”

327E0C13-8282-484C-9959-A067C01B3AE4TICAL está à porta. Em poucos dias mais, centenas de diretores de TI das universidades latino-americanas estarão reunidos em Viña del Mar, no Chile, para compartilhar conhecimentos entre si, além de ouvir sobre as experiências dos palestrantes internacionais convidados. Andrés Holguín Coral, da Colômbia, é um deles. Nessa entrevista, a última com os palestrantes da quinta edição do evento, ele conta o que o motivou a participar de TICAL2015 e destaca as particularidades da Conferência.

Quais são suas expectativas em relação à Conferência e sua participação nela?

Minha expectativa com respeito à Conferência é a de poder compartilhar com as demais instituições o processo de segurança no qual estamos trabalhando na Universidade de los Andes nos últimos anos, com o fim de receber feedbacks sobre nossa iniciativa e encorajar outras universidades a iniciarem seu processo de conscientização a respeito deste tema.

O que te motivou a aceitar o convite para participar da Conferência?

A possibilidade de compartilhar experiências na gestão de TIC em nível universitário. Existem alguns eventos similares ao redor do mundo, mas TICAL permite avanços distintos, uma vez que possibilita o contato com pessoas que têm problemas iguais e que fazem parte do mesmo continente.

Dentro da temática que será desenvolvida por você na Conferência, qual é a informação mais relevante a ser destacada?

A segurança da informação é um desafio que está presente em qualquer organização. Nesse contexto, o grande desafio da educação é o de conseguir balancear a segurança com a liberdade. Isso é parte do que quero compartilhar no evento, aprendendo como esse processo tem sido feito em outras universidades.

Viña del Mar é conhecida por suas muitas belezas. O que você achou da escolha da cidade para ser sede de TICAL2015?

TICAL se caracteriza por levar seus participantes não somente a um evento de altíssima qualidade, mas também às melhores cidades da América Latina. Imagino que pelo clima de inverno e pelo tempo que dedicaremos à Conferência não será possível desfrutar das praias da Viña, mas quero conhecer os lugares históricos da cidade, além, é claro, de desfrutar de sua gastronomia.

 

Fotos

Organizadores TICAL2015:

RedCLARA
REUNA
Edutic

TICAL2015 em Twitter

JoomShaper